Vocês se lembram de quando a Amazon.com enviava marcadores de livros junto com nossas compras? Pois é. Nunca mais recebi. Em compensação os livros estão cada vez mais baratos. Muitas edições impressas são mais baratas que a respectiva versão para Kindle, o que me foge totalmente à compreensão, mas até que me deixa feliz.

Enquanto isso, aqui no Bananão, livrinhos de bolso de 150 páginas da José Olympio custam 34 reais! É que não temos leitores suficientes para aumentar as tiragens e, além disso, sobram impostos e esbanjamento de luxo no material da capa e no papel. Bem, acho que é isso, pelo menos.

Por falar nisso, li hoje num jornal: “Um dos objetivos nacionais deveria ser a produção de leitores em larga escala, em um tempo histórico mínimo.” QUE MÊDA!!!

~ by Evandro Ferreira on January 22, 2010.

One Response to “”

  1. O problema dos livros brasileiros é a constitucional imunidade a impostos. Se fossem pesadamente tributados, como são a bebida e os cigarros, finalmente o governo encontraria motivo$ $ério$ para disseminá-los. E quem disse que campanha chapa-branca para “formação de leitores” adianta? Já que é para tratar livros como vícios, que o governo faça uma incansável campanha de difamação contra os viciados leitores: “O Ministério da Educação adverte: este livro causa nerdice, inadequação social, falta de gominhos na barriga, ignorância dos passos do Rebolation e falta de parceiros sexuais”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: