Continuidade

O que um cidadão faz quando descobre que agonizar diante da Kali Yuga é um defeito e não uma qualidade de caráter?

Ademais, a grande pergunta é: você (eu) seria capaz de abrir mão desse maravilhoso direito de escolha racional de rumos, para em vez disso seguir fielmente uma tradição? Ou ainda: faz sentido LAMENTAR a Kali Yuga in the first place? O agir racionalmente ou o agir segundo uma tradição não pressupõem, ambos, a aceitação das circunstâncias como ponto de partida para o plano de vida?

Cuidado, Evandro. Não se deixe transformar numa cobra autofágica.

~ by Evandro Ferreira on May 29, 2009.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: