Odiar as coisas certas?

“Como acontece com a maioria das emoções, o ódio é moralmente neutro. Sua valência moral depende de seu objeto. A menos que se seja o tipo de rigorista cristão que leva o Sermão da Montanha ao pé da letra, isto é, como fonte de orientação para a vida neste mundo e não (conforme era sua intenção) como uma forma de preparação para a vida num outro reino cuja vinda se considere iminente, a ninguém ocorrerá que seja imoral odiar Hitler ou Stalin.”

Ah, as simplificações…

~ by Evandro Ferreira on March 2, 2009.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: