Para quem tem um blog (dois, na verdade) há muitos anos, aqueles períodos de silêncio virtual, em que fica-se totalmente sem inspiração para escrever, tornam-se normais. É simplesmente inevitável: de tempos em tempos, simplesmente não há o que escrever.

Mas os motivos disso são muitos e – ironia das ironias! – acabam virando assunto para postar no blog. Já fiquei sem inspiração para escrever porque não estava lendo muitos livros no momento, porque estava lendo livros demais, porque estava passando por uma fase de autocrítica muito exacerbada, porque estava estressado com a poluição sonora do meu apartamento em São Paulo, porque estava me mudando, porque estava sem saco para computadores, porque estava fazendo downloads demais etc etc.

Fazendo uma auto-análise, porém, descobri que, algumas vezes, fiquei sem escrever por um motivo nada louvável: porque estava mergulhado em interesses que não batem com a imagem que construí de mim mesmo na Internet. Que imagem é essa? Não sei, mas creio que seja algo como intelectual semi-espiritualizado de direita, meio distante do mundo cotidiano, meio integrado e bastante crítico. Como isso não combina, por exemplo, com o vício de fazer download de desenhos japoneses e seriados norte-americanos, de cobiçar carros importados e planejar investimentos a longo prazo para ficar rico e comprar uma casa enorme na praia, acabo me calando, talvez até por saber que nenhum de meus leitores se interessam por esses assuntos.

Mas, como nada disso faz sentido num blog, acho que a coisa toda perde o sentido. Quero dizer, talvez eu devesse ignorar meus leitores (afinal não devem passar de uns 4 ou 5) e sair postando textinhos sobre investimentos e fotos de carros importados, certo?

Já estão ficando preocupados? hehe!

~ by Evandro Ferreira on April 19, 2008.

3 Responses to “”

  1. Eu sou viciado em baixar enlatados americanos. Às vezes fico nos sites procurando coisas para baixar só de bobeira…🙂

  2. Olá, Evandro.
    Voltei a postar, depois de uma fase meio (auto)crítica.
    E voltei a ler os amigos. Que a pilha de livros espere na estante.
    Amitiés,
    Beto.

  3. Ah, esqueci de dizer: minha mulher tem baixado todo o `In Treatment´ que acha…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: