O inferno gélido

Quando está fazendo 12 graus, o aquecedor de água da sua casa estraga e alguém vem e o conserta, você passa de um estado de infelicidade e insegurança totais a um estado de alívio. O homem moderno é, na verdade, um coitado. Meu conforto diário depende de que uma infinidade de pequenas condições se sincronizem perfeitamente. Se uma delas falhar, posso ficar sujo, sem banho por dias; e isso só porque tomar banho de balde, para mim, é algo absurdo, embora devesse ser perfeitamente normal. Se uma chaminha de um aquecedor pifa, minha vida se transforma num inferno gélido.

Ridículo.

~ by Evandro Ferreira on August 4, 2007.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: