Bota-fora

Estive revendo e jogando fora os papéis da época da faculdade.

Sou um homem assustado com o próprio passado.

Ou: meu passado intelectual pesa 10 quilos, mas não vale um níquel.

Ou ainda: fui um comunistinha safado, um idiota útil, um quase maconheiro ingênuo.

O que sou hoje? Ai meu Deus! Melhor parar por aqui.

~ by Evandro Ferreira on January 29, 2007.

3 Responses to “Bota-fora”

  1. este aqui tem mais comentários q seu outro blog. é mais engraçado tb…

  2. Nunca fui comunistinha safado (desculpe o pleonasmo) porque recusava-me a ser safado. Idiota útil, fui pouco, nada que a visão dantesca de um congresso da UNE não afastasse da minha cabeça de mamão. E fui ingênuo demais para que os outros me convidassem a ser maconheiro.

  3. Hehe! Então bem vindo, Luiz.

    Paulo, então você se salvou!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: