Exclusão civilizacional

Fui comprar chocolate na padaria. O saldo:

– um mendigo

– um sujeitinho quase me atropela com seu carro ao fazer uma goianada

– música sertaneja a 100 decibéis na porta da padaria

As pessoas estão acostumadas com isso. Mas eu não. Eu me sinto um ET ao andar na rua. Sinto que pertenço a um mundo totalmente diferente deste.

Já sei. Sou um excluído da decadência da civilização. Ôpa. Essa frase ficou legal.

~ by Evandro Ferreira on January 16, 2007.

4 Responses to “Exclusão civilizacional”

  1. Já contei da noite macabra em que voltei do aeroporto para casa? (mera retórica. Contei sim, no diegocasagrande.com.br) Para quem tinha almoçado em Buenos Aires, jantar no Rio foi pior que entrar em outro planeta.

  2. Meu amigo, identificação total, só que ainda sofro com isso…

  3. Sofrer é inerente. Se ainda não sofres é porque ainda não és plenamente um excluído. Think about it. Suffer!🙂

  4. Considero como conhecido o sentimento, mas registro um pequeno protesto pelo `goianada´, afinal ainda há uns poucos bons motoristas no cerrado, caro amigo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: