108613302889542072

Meu lado político anda anão.

A política é como o sexo: não tem meio-termo, embora muitos afirmem já ter conseguido colocar só a cabecinha.

Busquemos o meio-termo. Eu sou o meio-termo? Eu sou um homem esclarecido (e humilde!) que não lê jornais quase nunca. O paradoxo da modernidade. A exaustão da boa-vontade. “Até o talo, gata”, dizia um apresentador de rádio. Adaptando: até o talo de tantas notícias ruins, até o talo de tanta velocidade, até o talo de tanta superficialidade, até o talo de tanta vazieza cerebral, até o talo de tanta falta de graça etc etc etc.

Queremos saber do governo? Queremos saber de literatura. Queremos saber do dólar? Meu sonho era nunca mexer com dinheiro. Nunca mais falar de números. Será esse o sonho dos esquerdistas? Sim! Eles querem ficar na fila do rolo de papel higiênico semanal e dos sapatos pretos bienais. Eles querem o plano qüinqüenal. Para nunca mais terem de contar moedas e notas.

I don’t like it either. But no, thanks.

Eu escrevo esporadicamente para o MSM e quero o FSR (Ficção Sem Realidade), ou o MSP (Mundo Sem Política). Sonhar não custa. Quer dizer, custa sim. 10 real mais o dinheiro do buzão.

~ by Evandro Ferreira on June 1, 2004.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: