108232882219402437

Trecho da Entrevista de Bernard Lewis publicada no MSM:

Por que a questão palestina tem levado tantas décadas para se resolver?

Essa é uma parte essencial do aparato político dos países árabes. Os governantes precisam desses agravos e ressentimentos para desviar a ira do povo. Caso contrário, eles mesmos serão objeto da ira. Nos países árabes, a queixa a respeito de Israel é a única que pode ser expressa livremente. Mas o problema palestino é apenas um entre os vários que vemos ao longo das fronteiras do mundo islâmico, como Kosovo, Bósnia, Tchechênia, Caxemira, Sudão e Timor. Todos esses pontos são manifestações de um mesmo grande problema entre o islã e o não-islã.

Por que a questão palestina recebe mais atenção?

Por duas razões. A primeira é que Israel é uma democracia, então a mídia pode entrar, sair e fazer seu trabalho livremente. Israel é o país com a terceira maior presença de jornalistas no mundo, atrás apenas de EUA e Inglaterra. A segunda razão é que os judeus estão envolvidos. E judeus são notícia. A vantagem da questão palestina é que os agravos podem contar com uma resposta imediata na Europa. Quando lutam contra os cristãos, aí é mais delicado. Não podem esperar que os cristãos se juntem a eles. Houve recentemente um ataque terrível no oeste do Sudão, mas ninguém lhe deu a mínima atenção.

~ by Evandro Ferreira on April 18, 2004.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: