89050819

Hoje foi a primeira vez em que entrei numa livraria e o vendedor sabia quem era Olavo de Carvalho. Uma das vantagens de São Paulo: tem tanta coisa aqui, que até sobra um “espacinho” na cabeça das pessoas para as coisas que realmente importam…

E por falar no que realmente importa, vi que os ensaios reunidos do Carpeaux (da TopBooks) foram reimpressos. Isso é bom. Mas, seguindo-se o famoso good news bad news, fontes confiáveis há muito me informaram que são pequeninas as chances de que saiam os próximos volumes do Carpeaux que a TopBooks prometeu. O motivo são intrigas com relação a direitos autorais. Não me perguntem que intrigas são essas, pois eu não tenho vocação pra detetive particular. Só sei que boa parte da culpa é da própria editora.

Esse post saiu com cara daquelas notinhas de revista de variedades da Editora Abril, não saiu? Estou falando do estilo, obviamente, porque o assunto só caberia num mundo fictício, onde teríamos “Biblioteca Carlos” ao invés de “Casa Claudia”…

~ by Evandro Ferreira on February 13, 2003.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: