81603110

A metalidade “cidadã” – que domina o Brasil hoje – enxerga como única meta social aceitável a total inexistência de setores da producão perdendo emprego. Nenhum grupo de indivíduos que trabalhe com qualquer coisa pode ver sua atividade entrar em decadência. Quando isso acontece, sempre há um repórter por perto para divulgar na TV e lançar aquela básica pergunta oculta em toda matéria de jornal: “o que o governo vai fazer quanto a isso”? Por isso é que nos EUA emresas aéreas vão à falência, enquanto aqui elas recebem uma bolada a cada vez que ameaçam. Afinal, milhares de pessoas que trabalham para a VARIG perderiam seus empregos, não é mesmo? Agora, imagine quantas pessoas não ganhariam novos empregos, caso a bolada que o Estado gastou fosse restituída aos contribuintes?

Estou praticamente parafraseando Henry Hazlitt. Mas a verdade é que seu livro “Economia numa única lição” é atualíssimo para o Brasil. O que vemos no jornal todos os dias? Grupos de trabalhadores sofredores tomados isoladamente. Nunca os trabalhadores como um todo. Então todo mundo, apesar de jamais ter lido ou visto NADA sobre os trabalhadores tomados como um todo, acha que está tudo péssimo para todos os trabalhadores. Só que tem um detalhe: o jornal não mostra pessoas que conseguiram empregos. Mostra apenas pessoas que perdem seus empregos, pois apenas isso “é notícia”.

~ by Evandro Ferreira on September 14, 2002.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: