80167942

Consegui um exemplar em português da “Ortodoxia”, de Chesterton, em um sebo. Um trecho primoroso: “Se um homem me vem dizer que o aniquilamento é melhor do que a existência, ou que uma existência vazia é preferível a uma existência cheia de variedade e aventura, esse homem não pertence ao número das pessoas normais com quem pretendo falar. A quem prefere o nada, nada lhe poderei dar“.

Não resisti a esse trocadilho infame com a palavra “nada”! É muito bom! Para discutir com os niilistas, só mesmo na base da gozação (mas, falando sério, a gozação traduz perfeitamente a fraqueza lógica do niilismo).

O leitor desavisado deve estar se perguntando: “Mas agonizar não é niilismo? Como fica o nome desse blog?”. Resposta: vamos agonizar como gentlemen! Nada de palhaçadas. A coisa aqui é séria, viu? Muito séria! Viu?

Ah, e para quem lê em inglês, pode procurar pela versão gringa original do livro (é de graça essa!).

~ by Evandro Ferreira on August 13, 2002.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: